Scarium HomePage  
www.scarium.com.br

Zigurate: Uma Fábula Babélica

   
 

Marco A. M. Bourguignon

 

Zigurate – Uma Fábula Babélica é o quarto livro do escritor Max Mallmann, que iniciou a sua carreira em 1989. Casado com a escritora Adriana Lunardi e residentes no Rio de Janeiro, onde trabalha como roterista da TV Globo. Autor das novelas "Coração de Estudante (2002)" e episódios de Malhação.

Sophie Brasier faz uma grande descoberta em uma biblioteca em Paris: Uma carta do século XVII que se refere a uma Bíblia do século XII, nela encontra a explicação para o mito da origem do ser humano, uma história completamente diferente da que se conhece. O Criador teria feito, com ouro, o casal imortal Lugal e Nin, sua imagem e semelhança. O Criador se decepcionou com o casal, por usar a imortalidade para agir como deuses. O castigo foi os tornar estéreis e os abandonar à própria sorte.

Deus chorou sobre a Terra, provocando um dilúvio de lágrimas que se misturaram ao pó e cobriram o planeta de lama, com ele criou Adão. O novo homem foi feito a imagem e semelhança de Deus, porém mortal. Com esta teoria Max Mallman começa o seu romance.

Sophie é uma pesquisadora com 30 anos que vive a vida por um fio, tem AIDS e uma doença cardíaca fatal. Sua dedicação aos estudos é a forma que possui para se agarrar à vida, mas com a descoberta do mito na biblioteca ela ganha uma real motivação para continuar estudando, os verdadeiros seres humanos. Se Lugal e Nin eram imortais, então, deveriam estar vivos até hoje. É claro que Sophie como cientista não acreditava no mito da humanidade ter começado de um casal feito de ouro.

Sophie atravessa a noite pesquisando na Internet, além de visitar todas as bibliotecas em busca de textos sumérios, acádios, babilônicos e assírios. Ela encontra diversas referências a homens e mulheres que tinham cabelos, pele e olhos dourados, como ouro. Do Egito antigo, passando pela inquisição, pela Revolução Francesa, as conquistas Napoliônicas até a referência mais recente na revista Vogue dos anos 60. Sophie chega à conclusão que todos eram o mesmo casal atravessando o tempo. Ela sai de Paris e vai até Edimburgo atrás de Franz Lugal. Enquanto Nin trabalha no Rio de Janeiro para um deputado brasileiro envolvido no tráfico de armas.

O interessante, nas obras de Max Mallman, são seus personagens fantásticos que fogem dos esterótipos conhecidos, mas são facilmente reconhecidos no dia-a-dia. Os personagens vestem uma roupagem para falar de nós mesmo, da nossa vida, sonhos e ambições. Na sua grande maioria são marginalizados, mas altamente sedutores. Max na verdade é um fabricante de personagens. Outro ponto a ressaltar é a volta ao velho tema da imortalidade, também abordado em Síndrome de Quimera. Do resto é só diversão.

Palavras do autor:

1 - Seu último livro "Síndrome de Quimera" foi um sucesso fabuloso, o livro é intrigante, e apesar de ser pura fantasia nos traz para dentro de uma realidade estonteante, como se cada personagem fosse encontrado pelos submundos das ruas, cafés e bares... Zigurate repete a fórmula ou o livro é totalmente diferente da "Síndrome"?

 "Zigurate - uma fábula babélica" tem alguns pontos de contato com "Síndrome de Quimera", mas é um trabalho bastante diferente. "Zigurate" é um romance mais ambicioso, que exigiu mais trabalho e muita, muita pesquisa.

 2 - Onde tirou inspiração para os seus personagens?

 A inspiração inicial é sempre uma idéia muito vaga, muito difusa. Em "Síndrome de Quimera", me veio a imagem do homem com uma cobra no coração. Daí pensei: como é esse homem? Como é a vida dele? Como é o ambiente em que ele vive? Em "Zigurate", tive a idéia de trabalhar com o conceito de imortalidade e comecei a pesquisar. E aí foram surgindo Gilgamesh, Nin, Lugal e Sophie.

 3 - Possui algum autor que seja seu mentor ou mestre?

 Não. Sempre fui muito iconoclasta para ter mestres, mentores ou professores. Mas gosto muito de Machado de Assis, de Jorge Luiz Borges e de Mario Quintana, que é o poeta que releio sempre. Acho que, para quem escreve prosa, é fundamental ler poesia, para ter uma noção melhor de sonoridade e ritmo na construção das frases.

Leia um trecho do livro

 

 

 

Max Mallmann nasceu em 1968, em Porto Alegre (RS). Autor de Síndrome de Quimera editado pela editora Rocco. O romance foi finalista do prêmio Jabuti em 2001, sendo vendido para a Èditions Joëlle Losfeld (França- 2003).

 

Livro: ZIGURATE
 Uma fábula babélica
Max Mallmann
Editora Rocco
www.rocco.com.br 
ISBN:85-325-1585-1
Páginas:224
Formato : 14x21
Preço : R$ 31,50 

 

 

Do mesmo Autor:

Frederick Pohl

Philip K. Dick

O Dia das Lobas

Sobre Menino e Lobos

 

 

 

 

 

www.digits.com

topo da página
[ capa | Contos | artigos
Scarium E-book | Resenhas de Livros]

 

www.scarium.com.br
 - - Revista independente de ficção científica, horror, fantasia e Mistério - -
Todos os direitos reservados
©2002 Scarium Megazine